Villa Betto Brunelli

  

Destaque seu Bookmarks

Add para: JBookmarks Add para: FacebookAdd para: Mr. WongAdd para: WebnewsAdd para: Buzka Add para: Windows LiveAdd para: IcioAdd para: Ximmy Add para: OneviewAdd para: Kledy.de Social BookmarkingAdd para:  FAV!T Social BookmarkingAdd para: Favoriten.deAdd para: SeekxlAdd para: Social Bookmark PortalAdd para: BoniTrustAdd para: Power-OldieAdd para: Bookmarks.ccAdd para: NewskickAdd para: NewsiderAdd para: LinksiloAdd para: ReadsterAdd para: YiggAdd para: LinkarenaAdd para: DiggAdd para: Del.icoi.us Add para: RedditAdd para: JumptagsAdd para: UpchuckrAdd para: SimpyAdd para: StumbleUponAdd para: SlashdotAdd para: NetscapeAdd para: FurlAdd para: Yahoo Add para: BlogmarksAdd para: Diigo Add para: TechnoratiAdd para: NewsvineAdd para: BlinkbitsAdd para: Ma.Gnolia Add para: SmarkingAdd para: NetvouzAdd para: FolkdAdd para: SpurlAdd para: GoogleAdd para: BlinklistInformation

Bar do Juarez

Beephoto

Studio NaPraça

banner_turismo.jpg

Turismo de aventura no Paraná PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Turismo | Lugares
Escrito por Cléo Tassitani on Terça, 08 Abril 2014 06:05   
Pin It


Belezas naturais do Paraná são ideais para as atividades de aventura


O turismo no Paraná é maravilhoso o ano todo. Porém, quatro dos destinos mais cobiçados do estado sulista possuem encantos que deixam as viagens ainda mais inesquecíveis.  A abundância das águas, as atividades de aventura e as paisagens naturais paradisíacas fazem de Foz do Iguaçu, Morretes, Ilha do Mel e Paranaguá locais exuberantes para visitação de turistas de todas as idades.

Em Foz do Iguaçu é possível andar pelas copas das árvores do Parque Nacional durante a prática do arvorismo, enquanto, ao fundo, o som feroz de algumas das cerca de 275 quedas d’água das Cataratas fazem a trilha sonora ideal para este momento na natureza. Outra forma de curtir o visual deslumbrante das águas de Foz é fazer rapel no Cânion Iguaçu, onde o turista desce 55 metros contemplando uma das sete maravilhas do mundo moderno.


As  quedas d’água das Cataratas de Foz do Iguaçu...
... e a trilha pelas copas das árvores do Parque Nacional


Já o Rio Iguaçu, abastecido pelas águas das Cataratas, tem duas funções principais quando o assunto é atividade de aventura: tornar o momento único para os visitantes que praticarem o rafting e fazer companhia margeando todo o percurso dos passeios de bicicleta pelas trilhas do Poço Preto.

“Foi maravilhoso. Gostei muito das Cataratas. Estive lá há nove anos e tenho na memória até hoje. Não dá para descrever o sentimento, é muita água, muita altura. Foi inesquecível para mim”, define Regina Botelho, relações públicas e fã da cidade paranaense.

Há ainda outros passeios marcantes na cidade como o tradicional Macuco Safári, que começa com um percurso de carreta e termina com um banho revigorante na queda conhecida como Salto dos Três Mosqueteiros, e o Parque das Aves, uma área de 16 hectares de mata nativa que, com enormes viveiros de araras, tucanos, papagaios e outras aves de rara beleza, proporciona imagens dignas de pintura e serve como centro de reprodução de espécies em extinção.



As águas da exuberante Morretes...
... são ideais para a prática de  boia-cross


Assim como em Foz do Iguaçu, é sob as águas que os viajantes desfrutam das principais atrações de Paranaguá. O passeio de barco pela Baía que leva o mesmo nome da cidade dura uma hora e proporciona vista privilegiada das Ilhas Cutinga, Cobra, Peças e do Mel, esta última dona de praias paradisíacas como a deserta da Fortaleza, a agitada das Encantadas e a requintada Nova Brasília.

Ainda na Ilha do Mel, onde é impossível chegar de carro, os turistas podem aproveitar o dia para surfar, caminhar por trilhas e mergulhar para, durante a noite, escutar as envolventes histórias contadas pelos nativos e dormir em barracas de camping ou hotéis e pousadas rústicos.




O cenário paradisíaco de Ilha do Mel...
... um dos melhores locais do Brasil para a prática do surfe


As atividades de aventura não são exclusividade de Paranaguá e Ilha do Mel. Perto dali, em Morretes, as práticas do cicloturismo, rafting, boia-cross, turismo fora de estrada com veículos 4x4, cachoeirismo e caminhadas de longo curso também fazem do município um polo do ecoturismo e do turismo de aventura.

“Gosto de visitar Morretes, pois estou em contato direto com a natureza. As atividades já são uma ótima sensação de liberdade, mas aqui, elas ficam ainda mais completas”, avalia o engenheiro agrônomo João Roberto Navarro.



A bela paisagem de Paranaguá...
... é um convite para um belo passeio de barco


Todos estes destinos são contemplados pelo Programa de Promoção e Comercialização Nacional da ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura), que trabalha para fortalecer o segmento e reforçar o potencial do Brasil para oferta segura e responsável de atividades de Ecoturismo e Turismo de Aventura.

www.abeta.com.br



Confira também:
Costa das Baleias - Bahia





Fotos:divulgação e reprodução


Cléo Tassitani
Cléo Tassitani
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript ativado para o visualizar

 

Twitter em Destaque

Siga DestaqueSp no Twitter